Unifeso - Estudantes de Fisioterapia conhecem o CT do Fluminense

CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS




Estudantes de Fisioterapia conhecem o CT do Fluminense

22-11-2022

Estudantes do 5º e do 6º períodos do curso de Fisioterapia do Centro Universitário Serra dos Órgãos (Unifeso) realizaram visitas técnicas ao Centro de Treinamento do Fluminense. A atividade aconteceu nos dias 17 e 24 de outubro e faz parte do componente curricular Fisioterapia Desportiva.

Os estudantes estavam acompanhados pelo professor Caio Tramont e foram recepcionados pelos fisioterapeutas: Hulli Nagel e Papick Schuller, que é ex-aluno do curso de Fisioterapia do Unifeso. “Nosso grupo era muito grande pra fazer a visita de uma vez só, então o clube nos disponibilizou duas datas. Foram cerca de 15 pessoas em cada grupo. Chegando na unidade do Fluminense fomos muito bem recebidos pelos fisioterapeutas do clube, eles falaram bastante sobre como a fisioterapia desportiva trabalha com os atletas, especificamente no futebol. Foi uma atividade enriquecedora, com explicações de profissionais atuantes muito competentes e pudemos conhecer a história do Fluminense, conversamos com a nutricionista do clube, vimos os ambientes em que os fisioterapeutas trabalham, além da quadra onde treinam os jogadores que estão se profissionalizando. Os estudantes ficaram bastante animados com a visita, foi uma oportunidade excelente de os estudantes conhecerem a fisioterapia desportiva com os profissionais atuantes”, contou o professor Caio.

Papick Schuller fez estágio no clube, no ano passado, quando ainda estava na graduação. Ele se formou em janeiro deste ano e, em abril, foi contratado pelo Fluminense. "Tive a oportunidade de fazer um  período de estágio no clube, onde consegui vivenciar a rotina do clube. Mantive contato diariamente com os profissionais de lá, pois acabamos criando vínculos e amizades. Em abril deste ano fui convidado pelo fisioterapeuta Jorge Áreas, a retornar ao clube, agora integrando também a equipe de profissionais do clube como Fisioterapeuta das divisões de base do Fluminense Football Club. Estar atuando no Fluminense foi um grande desafio e continua sendo, mas me sinto completamente realizado nessa profissão", contou o egresso do Unifeso.

Ele explicou que a fisioterapia esportiva é uma especialidade que trabalha em prol da prevenção e do tratamento das possíveis lesões associadas à prática de esportes e atividades físicas. "O fisioterapeuta atua desde casos mais simples até sérias lesões, em que a recuperação pode demorar. E acredito que um dos maiores desafios da área da fisioterapia esportiva é correr contra o tempo, principalmente se está lidando com o atleta profissional. A pressão exercida é grande. Assim, o tratamento precisa ser eficiente e rápido para que o atleta retorne às atividades no menor tempo possível e sempre tratando cada etapa com prudência", destacou.

Por Juliana Lila

Outras Notícias






Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.