CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ORGÃOS




Prefeitura de Nova Friburgo e UNIFESO promovem seminário sobre desenvolvimento regional

08-11-2018

No dia 7 de novembro, a Prefeitura de Nova Friburgo e o Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO) realizaram o Seminário Saúde e Desenvolvimento Regional. A ocasião foi um marco do compromisso das gestões públicas dos municípios da Região Serrana do Rio de Janeiro, com o apoio da comunidade acadêmica, na composição de projetos a favor do desenvolvimento regional. Sediado em Nova Friburgo, o encontro reuniu as principais lideranças de diversas cidades da região e especialistas do UNIFESO, para um levantamento das potencialidades e fragilidades locais, subsidiando a construção conjunta de um plano de ação. 

A ideia do Seminário surgiu durante o processo de construção de um Acordo de Cooperação Técnica, visando o aprimoramento da formação de profissionais de saúde, quando foi possível identificar várias possibilidades de interação entre o ensino e os serviços públicos de saúde e também de outros serviços que contribuem para o desenvolvimento regional. 

O prefeito Renato Bravo, de Nova Friburgo, declarou estar muito feliz com a iniciativa. “Agradeço ao UNIFESO por esta parceria efetiva, e por ela estar proporcionando a Nova Friburgo e aos outros municípios, além de Teresópolis, um trabalho contínuo em todas essas áreas que estão propostas para o desenvolvimento regional”, disse. 

Para Vinicius Claussen, prefeito de Teresópolis, “o evento é fundamental para o desenvolvimento da região. Parabenizo o UNIFESO por ser o protagonista e indutor desse projeto. É importante trabalharmos todos esses municípios que podem estar se ajudando”. 

Gilberto Esteves, prefeito de São José do Vale do Rio Preto, acredita que “a região é muito próspera, com municípios fortes, que juntos podem trazer soluções de problemas que se arrastam há anos para diversas áreas, gerando bons resultados para toda a região. 

“É preciso que todos nós, como poder público, saiamos da nossa zona de conforto para podermos apostar em algo novo, que é essa regionalização de situações, nos mais variados setores”, notou o prefeito Cesar Ladeira, do município do Carmo. “Temos como um case de sucesso a Saúde Mental de nosso município, em que o UNIFESO participa através da inserção dos estudantes de Medicina, e temos com isso tido uma interlocução muito bacana”, exemplificou o prefeito Cesar Ladeira. 

Programação do evento

Para abrir o encontro, foi composta uma mesa solene formada pelos professores Luis Eduardo Possidente Tostes, diretor geral da Fundação Educacional Serra dos Órgãos (FESO); Verônica Santos Albuquerque, reitora do UNIFESO; e José Feres Abido Miranda, pró-reitor acadêmico do UNIFESO; e pelos gestores de Nova Friburgo, o prefeito Renato Bravo, a secretária municipal de Saúde, Tania da Silva Trilha; e o subsecretário municipal de Ciência e Tecnologia, Bruno Lannes. 

“Este seminário nasceu, praticamente, há um ano, quando tivemos encontro, bimunicipal entre Teresópolis e Nova Friburgo, que tinha como único tema a Saúde, numa perspectiva de discutirmos a formação na área e colaborar com a rede de assistência à Saúde de Friburgo. Entendemos que o UNIFESO é uma instituição que tem como missão o desenvolvimento regional”, lembrou a reitora. 

“O fortalecimento da Região Serrana contribui para o crescimento de todos os municípios envolvidos. Precisamos identificar as potencialidades e como cada um dos municípios pode trabalhar no sentido de se fazer uma região forte, que traga benefícios a nossa sociedade”, frisou o professor Luis Eduardo Tostes. 

A programação seguiu com palestras, relatos de experiências exitosas dos municípios, grupos de discussão nas áreas da Saúde, Meio Ambiente, Turismo, Educação, Ciência e Tecnologia e finalizou com uma plenária para apresentação das propostas iniciais. 

Na avaliação do professor José Feres Abido Miranda, o evento foi o início de um caminho que pretende contribuir efetivamente para o desenvolvimento da região. Para isso, ele sugeriu que o evento tenha uma periodicidade e que aconteça duas vezes ao ano. “É preciso contaminar os municípios vizinhos com essas ideias que aqui surgiram”, colocou o pró-reitor. Feres destacou uma frase que, para ele, ficou marcante no evento: “A substituição da competição pela colaboração”, afirmando que isso só será possível quando os municípios olharem para a necessidade de atender as reais demandas da sociedade.